quinta-feira, 13 de julho de 2017

Após condenação de Lula pelo triplex, PT teme a sentença pelo sítio de Atibaia


Resultado de imagem para sitio de atibaia charges
Charge do Alpino (Notícias Yahoo)
Gerson CamarottiG1, Brasília
Surpresos com os termos da sentença do juiz Sérgio Moro, integrantes da cúpula do PT já reconhecem que a situação jurídica do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve se complicar ainda mais com a análise do caso do sítio de Atibaia. Apesar do discurso oficial do PT de tentar vitimizar Lula e apresentá-lo como alvo de uma perseguição política, integrantes do partido admitem que esse argumento perde força à medida em que a Operação Lava Jato se volta para políticos governistas, como o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves (PSDB-MG).
“É difícil manter esse discurso de que Lula é o único alvo”, afirmou ao Blog um integrante da Executiva do PT.
NOVA DIMENSÃO – A percepção no PT é de que, com as delações de dirigentes da empreiteira Odebrecht, o caso da reforma do sítio em Atibaia deve ganhar uma nova dimensão, apesar da tese da defesa de que Lula não era proprietário do imóvel.
O grande temor é de que, além da primeira instância, haja uma condenação rápida na segunda instância, o que poderia enquadrar Lula na Lei da Ficha Limpa e inviabilizar uma eventual candidatura a presidente.
###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
 – O caso de sítio de Atibaia é pior do que o tríplex, porque há depoimentos de duas empreiteiras que se concatenam – Odebrecht e OAS. Além disso, a perícia da Polícia Federal comprovou que os supostos donos (Fernando Bittar e Jonas Suassuna) não tinham quartos nem objetos no sítio, os empregados não os conheciam, jamais estiveram lá depois que a famiglia Lula parou de frequentar, o sítio está abandonado, com mato crescendo nos jardins.  Suassuna já saiu de banda, porque declarou à força-tarefa que não é dono do sítio, mas da propriedade ao lado. O empregado atual diz que o dono é Jacó Bittar (pai de Fernando), que está velho e doente, nunca foi ao sítio.  Realmente, está difícil Lula escapar de mais essa condenação(C.N.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário